dezembro 2016

Uma mão digitando em um notebook enquanto outra segura um documento. SObre a mesa há moedas e uma caneta. A foto representa o pensamento errado de que contribuir no teto do INSS é garantia do melhor benefício possível.

Contribuir no teto do INSS não garante uma boa aposentadoria

Inúmeras são as variáveis que influenciam no valor da aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição. As principais são o Fator Previdenciário, a Regra 85/95, a opção pela Aposentadoria Proporcional ou a opção pela Aposentadoria por Idade. Explicaremos melhor nesta publicação.

 

Uma mão digitando em um notebook enquanto outra segura um documento. SObre a mesa há moedas e uma caneta. A foto representa o pensamento errado de que contribuir no teto do INSS é garantia do melhor benefício possível.Continue a lerContribuir no teto do INSS não garante uma boa aposentadoria »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

#SalveAPrevidência: fim dos regimes próprios.

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Historicamente, os servidores públicos – especialmente categorias privilegiadas constitucionalmente como magistrados, militares, MP, Polícias e inúmeras outras categorias, tem mantido os RPPS (Regimes Próprios de Previdência Social) que garantem inúmeras vantagens e privilégios em relação à maioria da população que é submetida ao RGPS.

 

Várias pessoas com as mãos unidas, mostrando a igualdade de regimes gerais sobre regimes próprios.

Continue a ler#SalveAPrevidência: fim dos regimes próprios. »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Pilha de moedas sobre uma mesa, representando a autonomia do INSS

#SalveAPrevidência: autonomia do INSS.

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. O INSS precisa ter autonomia. O Governo não pode interferir e utilizar os recursos da Previdência e da Seguridade Social para pagar dívidas ou aumentar salários e privilégios do alto escalão dos Poderes. É preciso que o INSS tenha definido um planejamento estratégico independente e que o Governo Federal não possa alterar a organização da Previdência ao seu bel prazer.

 

Pilha de moedas sobre uma mesa, representando a autonomia do INSS

Continue a ler#SalveAPrevidência: autonomia do INSS. »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Mãe com filho no colo, demonstrando a importância do salário maternidade para desenvolvimento do bebê nos primeiros meses de vida.

#SalveAPrevidência: aumento do salário maternidade

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. A igualdade de gênero é um dos princípios essenciais inscritos no art. 5º da Constituição, mas na prática ainda é uma utopia. Um dos principais direitos que busca equilibrar isso é a redução de 5 anos na aposentadoria da mulher, que já tem em média um valor bem inferior a dos homens, devido aos salários menores pegos no mercado de trabalho.

 

Mãe vom filho no colo, demonstrando a importância do salário maternidade para desenvolvimento do bebê nos primeiros meses de vida.

Continue a ler#SalveAPrevidência: aumento do salário maternidade »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Manutenção da aposentadoria especial

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. A aposentadoria especial é um dos maiores avanços da sociedade brasileira e recompõe a justiça social para aquelas pessoas que optam por uma carreira profissional da qual é submetida à agentes nocivos à saúde, com insalubridade ou periculosidade.

 

Médicos realizando uma cirurgia, demonstrando a importância da profissão na sociedade e porque os benefícios da apsoentadoria especial devem ser mantidos.

Continue a lerManutenção da aposentadoria especial »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Reforma da Previdência: aposentadoria do professor

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Outro ponto que defendemos com unhas e dentes é a dignidade das condições de trabalho e aposentadoria dos professor no Brasil, algo que também será atingido com a reforma previdenciária, que propõe acabar com a aposentadoria diferenciada do professor.

 

Professor escrevendo desanimado em um quadro, mostrando a insatisfação com a limitação dos direitos na aposentadoria do professor

 

Continue a lerReforma da Previdência: aposentadoria do professor »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Homem carregando peças de cerâmica em fábrica de materiais de construção, representando a penosidade que pode ser considerada na aposentadoria especial.

Penosidade na aposentadoria especial

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Uma das coisas que acreditamos ser essencial para a vida do trabalhador é a inclusão da penosidade na Aposentadoria Especial, na intenção de evitar que trabalhos pesados e de risco sejam desenvolvidos até a terceira idade.

 

Homem carregando peças de cerâmica em fábrica de materiais de construção, representando a penosidade que pode ser considerada na aposentadoria especial.

Continue a lerPenosidade na aposentadoria especial »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Um martelo de juiz e um par de algemas sobre uma mesa rústica, representando o auxílio reclusão.

Fim do auxílio reclusão para cônjuges

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Em contrapartida às medidas adotadas pelo governo, propomos outras soluções para frear o rombo na Previdência sem a necessidade de ferir os direitos do trabalhador. Um deles é a limitação do Auxílio Reclusão apenas aos filhos dos presos, e não mais aos cônjuges e companheiros.

 

Um martelo de juiz e um par de algemas sobre uma mesa rústica, representando o auxílio reclusão.

Continue a lerFim do auxílio reclusão para cônjuges »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Uma senhora com o rosto escorado na mão, com semblante abatido e muitas rugas, representando a má qualidade de vida dos futuros aposentados se a idade mínima de 65 anos com progressão for mantida no projeto de reforma previdenciária.

Idade mínima de 60 anos sem progressão

Frente à PEC 287, que reformula as regras de aposentadoria e benefícios da Previdência, criamos a campanha #SalveAPrevidência. Discordamos das medidas adotadas para resolução dos problemas e, em contrapartida, propomos ideias para a reforma que não agridem tanto os direitos do trabalhador e a qualidade de vida dos aposentados. Uma delas é a ideia de estabelecer a idade mínima em 60 anos sem a progressão automática baseada na longevidade da população.

 

Uma senhora com o rosto escorado na mão, com semblante abatido e muitas rugas, representando a má qualidade de vida dos futuros aposentados se a idade mínima de 65 anos com progressão for mantida no projeto de reforma previdenciária.

Continue a lerIdade mínima de 60 anos sem progressão »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Homem entre 35 e 40 anos sorrindo de braços abertos em frente a um lago, representando a tranquilidade proporcionada ao planejar aposentadoria

Planejar aposentadoria reduz medo e estresse

Às vezes aquela vontade de parar, com tudo acumulado, com a ansiedade de não saber nada sobre como será seu futuro, acabam gerando um estresse muito maior do que deveria. Se você já tivesse alguma perspectiva de saber quando será a sua aposentadoria e se ela vai suprir todas as suas necessidades,  todo o procedimento será muito mais leve. A saída para isso é o planejar a aposentadoria.

 

Homem entre 35 e 40 anos sorrindo de braços abertos em frente a um lago, representando a tranquilidade proporcionada ao planejar aposentadoria

Continue a lerPlanejar aposentadoria reduz medo e estresse »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Aposentadoria com regra dos 85/95 ou 30/35 anos de contribuição: qual é a melhor opção?

 

A nova regra para a aposentadoria por tempo de contribuição não acabou com a possibilidade de se aposentar com 30 anos (mulheres) e 35 anos (homens) de contribuição, apenas permite a opção de um valor um pouco melhor.

 Aposentadoria-com-regra-dos-85-95-ou-30-35-anos-de-contribuição-qual-é-a-melhor-opção-financeira

Continue a lerAposentadoria com regra dos 85/95 ou 30/35 anos de contribuição: qual é a melhor opção? »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Presidente Michel Temer e ministros reunidos. Presidente enviou proposta de reforma previdenciária ao Congresso.

Reforma previdenciária: saiba o que muda

Há algum tempo causando ansiedade entre a população, na terça feita do dia 6 de dezembro foi encaminhada ao Congresso Nacional a PEC 287, que traz a proposta do Governo atual para as novas regras de aposentadoria e benefícios da Previdência Social. O texto ainda vai à votação, mas veja aqui o que mudará caso a reforma previdenciária seja aprovada. Nossa principal recomendação é: se você tiver direito a algum benefício, busque por ele imediatamente!

 

Presidente Michel Temer e ministros reunidos. Presidente enviou proposta de reforma previdenciária ao Congresso.Continue a lerReforma previdenciária: saiba o que muda »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.

Devo contratar um profissional?

Calcular o valor do benefício previdenciário utilizando o simulador do INSS é o mesmo que lutar uma guerra com as armas do inimigo! Existe no site do INSS uma ferramenta que faz a simulação de aposentadoria da pessoa. Esta ferramenta calcula tanto o tempo de contribuição quanto o valor do benefício. Mas será que esta ferramenta é confiável? É o que eu procuro responder neste artigo.

 

Uma calculadora e uma lente de aumento sobre papéis em uma mesa, demonstrando a necessidade de contratar um profissional para analisar ou realizar o cálculo do seu tempo de contribuição, pois é muito mais preciso do que realizar uma simulação de aposentadoria em um site.

Continue a lerDevo contratar um profissional? »

Professor e Advogado Especialista em Direito Previdenciário, Direito Tributário e Direito do Trabalho, com aprofundamento em Direitos Sociais Internacionais, atuante no Instituto Ibijus e na Verbo Jurídico.

Especialista em Marketing Jurídico Digital e Gestão de Escritórios de Advocacia. Fundador da Koetz Advocacia e CEO da ADVBOX.  Além de Articulista e Autor em vários sítes jurídicos e no Portal da Transformação Digital.