Aposentadoria de Caminhoneiro

[vc_row][vc_column][vc_single_image image=”11893″ img_size=”1319×106″ alignment=”center” onclick=”custom_link” img_link_target=”_blank” link=”http://pages.koetzadvocacia.com.br/24-documentos-rurais”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_single_image image=”11894″ img_size=”600×364″ onclick=”custom_link” img_link_target=”_blank” link=”http://pages.koetzadvocacia.com.br/aposentadoria-do-caminhoneiro”][/vc_column][vc_column width=”1/3″][vc_custom_heading text=”Algumas profissões são essenciais para a sociedade, pois são responsáveis por nosso conforto, bem estar e qualidade de vida. Sem tais profissões estaríamos muito atrasados em nosso desenvolvimento. Dentre elas está a atividade do caminhoneiro, especialmente o caso daquele que possui carteira de categoria E, pois trabalha exposto a agentes inflamáveis por longas distâncias, ou seja, além de prestar esse serviço fundamental para as nossas vidas também acaba ficando exposto a agentes nocivos à saúde dele e a perigos iminentes. Por isso, a aposentadoria de caminhoneiro possui algumas diferenças e vantagens em relação à aposentadoria comum.” font_container=”tag:p|text_align:left” google_fonts=”font_family:PT%20Sans%3Aregular%2Citalic%2C700%2C700italic|font_style:400%20regular%3A400%3Anormal”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]A Aposentadoria de Caminhoneiro é caracterizada como uma aposentadoria especial, pois se encaixa nas condições de insalubridade referentes ao benefício, que mudaram em 28/04/1995.

Até a referida data, o caminhoneiro que possuísse a carteira de motorista com categoria C teria o tempo contato como insalubre, pois naquela época qualquer veículo pesado – ônibus ou caminhão – era repleto de características insalubres. Para se ter uma ideia, a perna do motorista era exposta a calor artificial superior ao tolerado normalmente pelo corpo, bem como a ruídos muito maiores que o limite estabelecido como seguro, por causa do barulho do motor.

Porém, nessa época os veículos passaram a ser modernizados e tais condições a serem extintas. A partir de 28/04/1995 passou a se contar como insalubre apenas o tempo de atividade daqueles caminhoneiros com carteira de motorista de categoria E, pois estes trabalham expostos, por longas distâncias, a agentes altamente perigosos e inflamáveis.

Esse tipo de benefício possui duas grandes vantagens: o profissional de atividade insalubre pode se aposentar com apenas 25 anos de contribuição (na função) e, ao solicitar o benefício, não terá redução no valor por causa da idade – ou seja, há afastamento do fator previdenciário.

Para garantir a conquista da aposentadoria de eletricitário, o profissional deve reunir o PPP e LTCAT das empresas nas quais trabalhou, como explicamos na publicação sobre A Chave para Obter a Aposentadoria Especial.

Há também casos de profissionais que são estatutários. Nestes é necessário verificar quais são os requisitos previstos em lei para garantir a integralidade e paridade do salário.

Também, para aqueles profissionais que querem se aposentar, mas não pretendem parar de trabalhar, é possível converter o tempo insalubre em tempo comum e se aposentar pela Aposentadoria por Tempo de Contribuição. Recentemente, novas decisões também têm permitido a aposentadoria especial, sem necessidade de conversão, e a continuidade da atividade insalubre.[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_single_image image=”11614″ img_size=”600×150″ alignment=”center” onclick=”custom_link” img_link_target=”_blank” link=”http://www.koetzadvocacia.com.br/tire-suas-duvidas-previdenciarias/”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_separator][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Banner das nossas regras de uso de conteúdo. Clique nele e saiba como ter permissão para utilizar nosso texto em seu site ou blog.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]