Economize: planejamento de aposentadoria do médico

planejamento de aposentadoria do médico, Economize: planejamento de aposentadoria do médico, Koetz Advocacia

O planejamento de aposentadoria do médico pode ser um bom recurso para economizar dinheiro, mas também para garantir melhores ganhos no cálculo da aposentadoria do médico.

 

É possível economizar com o planejamento de aposentadoria do médico?

Inicialmente, podemos dizer que sim, de maneira geral é possível obter economia relevante com o planejamento de aposentadoria do médico. Especialmente quando o médico desenvolve a atividade de autônomo ou empresário. Pois, nesses casos, pode-se calcular corretamente o valor a se contribuir ao INSS, com a finalidade de evitar investimento maior que o necessário. É possível ainda efetuar o cálculo da data exata do completamento do tempo de serviço, evitando a aposentadoria tardia e a perda de anos de benefícios.

A aposentadoria do médico é importante, pois esses profissionais são abarcados pelo que se chama de aposentadoria especial. Isso quer dizer que, os médicos (e algumas outras profissões) possuem uma espécie de aposentadoria diferenciada de outras categorias. Isso se dá pelo fato de que o médico trabalha em locais insalubres, que prejudicam a sua própria saúde no decorrer dos anos.

Aposentadoria especial do médico: antes e depois da Reforma da Previdência

Essa aposentadoria especial possui regras diferentes da aposentadoria comum. Antes da Reforma da Previdência, ou seja, antes de 12/11/2019, os médicos podiam se aposentar quando completassem 25 anos de contribuição na atividade. Isso quer dizer que não havia necessidade de comprovação de idade mínima.

Contudo, com a entrada em vigor da EC 103/2019, que efetuou a Reforma da Previdência, a situação da aposentadoria especial dos médicos mudou bastante. Para quem já é filiado da Previdência Social e ainda não tem os 25 anos de contribuição, deverá preencher outro requisito: atingir 86 pontos! Esses pontos são obtidos a partir da soma da idade e do tempo de contribuição!

E mais: antes da Reforma o profissional receberia a integralidade do seu salário, calculado a partir da média de 80% das maiores contribuições a partir de 07/1994. A partir da Reforma, o médico que se aposentar assim que atingir os 86 pontos, terá direito a apenas 60% da média salarial, calculada sobre TODAS as contribuições que ele fez após 07/1994!

Assim, se antes da Reforma da Previdência o planejamento de aposentadoria do médico já era importantíssima, a fim de poder economizar, não só dinheiro, mas tempo também, com a Reforma o planejamento torna-se essencial!

Caso você queira saber mais sobre a aposentadoria do médico, pode baixar nosso ebook gratuito clicando aqui.

 

Planejamento da aposentadoria de médico: diversos vínculos

Além das questões referentes à aposentadoria especial, também é favorável contratar o planejamento de aposentadoria do médico devido aos diferentes vínculos empregatícios possíveis:

  • empresas privadas
  • órgãos públicos
  • exercício autônomo (Planos de saúde)
  • filiação como cooperado (UNIMED, etc)
  • filiação como empresário sócio de clínica médica com pró labore

É bastante comum que médicos, durante a sua carreira profissional, atuem em diversos lugares, como os que citamos acima. Agora imagine reunir toda a documentação relativa a todos esses vínculos, durante mais de 25 anos de profissão? E ainda, efetuar os cálculos de todo esse período e analisar o que é melhor fazer, se aposentar ou esperar?

Por isso, sempre sugerimos que busque auxílio de um profissional da área previdenciária, a fim de que evite possíveis equívocos e economize tempo e dinheiro. Um advogado da área previdenciária, por exemplo, poderá executar os seguintes serviços:

  • Cálculo do Tempo de Contribuição
  • Cálculo do Valor do Benefício
  • Planejamento Completo da Aposentadoria
  • Levantamento de 3 ou 4 melhores opções para melhor aposentadoria

Estes tópicos são fundamentais para o planejamento e passam por processos que variam de simples cálculos a análises complexas. O valor do benefício só pode ser estimado se também calcularmos o tempo de serviço.
É necessário também fazer um levantamento do tempo de contribuição e cruzar todos estes dados.

Você também pode saber mais sobre o assunto, antes de buscar um profissional, no nosso e-book gratuito.

Como realizar os cálculos e obter um planejamento de aposentadoria do médico?

Para realizar os cálculos e assim propor um planejamento de aposentadoria do médico, o advogado analisará:

  • Data que vai cumprir os requisitos;
  • Cálculos dos Tempos de Contribuição Presente e Projeções mais o Cálculo do Valor do Benefício;
  • Influência futura do Fator Previdenciário, se houver conversão do tempo especial;
  • Levantamento das melhores hipóteses;
  • Comparativo e apresentação das vantagens e desvantagens de cada possibilidade;
  • Explicação sobre a melhor forma de contribuição e incidência de IR;
  • Conversão do tempo insalubre para tempo normal;
  • Documentação para comprovar tempo especial em diferentes filiações.

Ademais, é importante mencionar que essa análise poderá ser feita por um profissional de forma online, pela internet, sem necessidade de deslocamento algum, enviando seu caso para nossos advogados especializados neste link aqui.

Além disso, existe a possibilidade de solicitar ao INSS que faça a contagem do tempo e o cálculo da aposentadoria sem custo algum. Porém, como o INSS e demais órgãos previdenciários não possui responsabilidade por este tipo de informação, realizado em simulações, estas informações provavelmente estarão equivocadas.

Mas como, de fato, economizar dinheiro em um cálculo de aposentadoria do médico?

Quando a aposentadoria é planejada por um especialista em direito previdenciário ele poderá identificar maneiras de economizar sem prejudicar seu benefício. Isso por causa da sua capacidade analítica em verificar possibilidades de aplicar outra estratégia que beneficie a aposentadoria do médico.

É comum pensar que para obter o melhor benefício basta contribuir no teto, entretanto isso depende muito de cada caso. Talvez você esteja contribuindo com valor mais alto do que o necessário, gastando dinheiro que poderia ser colocado em outro investimento.

Tomemos como exemplo um médico que trabalhou um ano a mais que sua aposentadoria exigia. Se o benefício for de 4 mil, a perda de valores em um ano atinge 48 mil reais.

Outra vantagem do planejamento é a busca da Aposentadoria Especial no tempo certo. Caso o profissional já tenha completado 25 anos antes de 12/11/2019, é possível requerer a aposentadoria pela regra antiga, que garante o benefício da aposentadoria 10 anos mais cedo do que a aposentadoria comum (5 anos mais cedo, em caso de mulheres).

Tomemos novamente o exemplo citado acima, com benefício de 4 mil reais. Se você não se aposentar pela Especial e se aposentar pela comum, nestes 10 anos de diferença deixará de ganhar 480 mil reais em benefícios. Por vias judiciais e com a documentação correta, você poderá conquistar a Aposentadoria Especial no tempo certo, afastando a possibilidade de tamanho prejuízo.

Se você tiver interesse em saber como economizar na aposentadoria do médico e obter o melhor benefício possível, recomendamos que procure um profissional da área no qual você confie e que possua um bom conhecimento sobre o tema.

Marcações:

2 comentários em “Economize: planejamento de aposentadoria do médico”

  1. Pingback: Atuação profissional e direitos dos médicos |Koetz Advocacia

  2. Pingback: Atuação profissional e direitos dos médicos |Koetz Advocacia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *