INSS negou o auxílio doença, e agora?

Caso seu benefício de auxílio doença tenha sido negado pelo INSS após a perícia, você terá três opções. Aceitar a negativa.  Entrar com recurso no INSS. Ou com ação judicial. Assim caso você já tenha optado pela ação judicial e já tenha escolhido o advogado. Por isso, explicaremos aqui quais procedimentos serão adotados a partir daí. Pois não é permitido pelo Código de Ética da OAB que você troque de advogado sem justo motivo. Somente se quiser rescindir o contrato com o atual advogado e acertar os honorários antecipadamente. E a Koetz Advocacia trabalha respeitando os preceitos éticos da advocacia.

Preparamos ebooks específicos por profissões que mais nos procuram, escolha o seu:

AUXILIO DOENÇA DO ENFERMEIRO

AUXÍLIO DOENÇA DO PROFESSOR

AUXÍLIO DOENÇA DO MÉDICO

AUXÍLIO DOENÇA DO DENTISTA

AUXÍLIO DOENÇA OUTRAS PROFISSÕES


O recurso no INSS nunca é uma boa saída. Pois, o caso será reanalisado por quem já deu a negativa uma vez. Já a ação judicial será feita por um médico especialista na doença em questão. Assim poderá buscar valores retroativos desde a data do pedido do benefício. Por isso a ação judicial se mostra a opção mais vantajosa para o segurado. Mas muitas dúvidas ocorrem sobre o que fazer após a contratação do advogado e é isso que iremos elucidar nesta publicação:
♦ LEIA TAMBÉM: Planos de Saúde: Direitos dos Segurados e Abusos dos Prestadores

Já contratei o advogado. Como proceder com o auxílio doença?

Contudo, o primeiro passo para ter certeza que tudo está ocorrendo bem com o seu processo após a contratação do advogado é verificar se ele possui todos os documentos necessários para a ação. Parte destes documentos o próprio advogado é quem irá providenciar. Mas alguns deles será o cliente. Portanto, converse com seu advogado e pergunte se tem mais algum documento que você possa providenciar para agilizar o processo.
Após isso, aguarde. O advogado entrará em contato para notificá-lo da data que a perícia judicial foi marcada. No dia da perícia, o advogado não comparecerá, apenas o cliente deverá ir. Você deve comparecer no local, data e horário indicado pelo advogado e ter em mãos toda a documentação que comprove e alerte sobre a doença. Exames, laudos, receitas, atestados com CID da doença e período de afastamento, etc.
A ação judicial para obter o auxílio doença nada mais é do que uma nova perícia, como a realizada e negada pelo INSS. Porém, com o pedido judicial, o médico que realizará a perícia é designado pelo juiz, e não pelo próprio INSS. Geralmente é realizado no próprio consultório do médico escolhido pelo juiz ou na própria sede da justiça.
Quer entrar com uma ação judicial para obter auxílio doença? Fale conosco.
https://koetzadvocacia.com.br/como-utilizar-nossas-publicacoes-no-seu-site/

Advogado Especialista em Direito Previdenciário e Tributário, Sócio da Koetz Advocacia, professor da Pós Graduação na Verbo Jurídico e no Instituto Brasileiro de Direito - IBIJUS. Articulista no Portal da Transformação Digital