Categories: Auxílio Doença

Como proceder com auxílio doença após contratar o advogado?

Caso seu benefício de auxílio doença tenha sido negado pelo INSS após a perícia, você terá três opções: aceitar a negativa, entrar com recurso no INSS ou com ação judicial. Caso você já tenha optado pela ação judicial e já tenha escolhido o advogado, explicaremos aqui quais procedimentos serão adotados a partir daí, pois não é permitido pelo Código de Ética da OAB que você troque de advogado sem justo motivo (somente se quiser rescindir o contrato com o atual advogado e acertar os honorários antecipadamente), e a Koetz Advocacia trabalha respeitando os preceitos éticos da advocacia.

 

Preparamos ebooks específicos por profissões que mais nos procuram, escolha o seu:

AUXILIO DOENÇA DO ENFERMEIRO

AUXÍLIO DOENÇA DO PROFESSOR

AUXÍLIO DOENÇA DO MÉDICO

AUXÍLIO DOENÇA DO DENTISTA

AUXÍLIO DOENÇA OUTRAS PROFISSÕES

 

 

O recurso no INSS nunca é uma boa saída, pois o caso será reanalisado por quem já deu a negativa uma vez. Já a ação judicial será feita por um médico especialista na doença em questão e poderá buscar valores retroativos desde a data do pedido do benefício. Por isso a ação judicial se mostra a opção mais vantajosa para o segurado. Mas muitas dúvidas ocorrem sobre o que fazer após a contratação do advogado e é isso que iremos elucidar nesta publicação:

 

♦ LEIA TAMBÉM: Planos de Saúde: Direitos dos Segurados e Abusos dos Prestadores

 

Já contratei o advogado. Como proceder com o auxílio doença?

O primeiro passo para ter certeza que tudo está ocorrendo bem com o seu processo após a contratação do advogado é verificar se ele possui todos os documentos necessários para a ação. Parte destes documentos o próprio advogado é quem irá providenciar, mas alguns deles será o cliente. Portanto, converse com seu advogado e pergunte se tem mais algum documento que você possa providenciar para agilizar o processo.

 

Após isso, aguarde. O advogado entrará em contato para notificá-lo da data que a perícia judicial foi marcada. No dia da perícia o advogado não comparecerá, apenas o cliente deverá ir. Você deve comparecer no local, data e horário indicado pelo advogado e ter em mãos toda a documentação que comprove e alerte sobre a doença. Exames, laudos, receitas, atestados com CID da doença e período de afastamento, etc.

 

A ação judicial para obter o auxílio doença nada mais é do que uma nova perícia, como a realizada e negada pelo INSS. Porém, com o pedido judicial, o médico que realizará a perícia é designado pelo juiz, e não pelo próprio INSS. Geralmente é realizado no próprio consultório do médico escolhido pelo juiz ou na própria sede da justiça.

 

Eduardo Koetz

Comments are closed.

Recent Posts

Aposentadoria especial do engenheiro civil

A aposentadoria especial do engenheiro civil é uma das modalidades de aposentadoria prevista no INSS. Sendo devida ao segurado que tenha…

4 dias ago

5 lugares para você visitar fora do Brasil

  Viajar é maravilhoso! São tantas opções de lugares extraordinários para conhecer que é normal ficar indeciso na hora de…

6 dias ago

Quem pratica esportes vive mais e melhor

  Praticar esportes é uma ótima forma de aumentar a qualidade de vida. Quem se exercita tem mais disposição, faz…

2 semanas ago

5 locais perfeitos no Brasil para você conhecer

Você está chegando aos 50 anos? Aposto que a palavra ‘aposentadoria’ começou a fazer parte do seu vocabulário! Essa nova fase…

2 semanas ago

Lombalgia e seus reflexos na vida profissional

De acordo com as estatísticas do INSS, cinco dos dez problemas que mais garantem a concessão de auxílios podem estar…

3 semanas ago

Pesquisa mostra que 1/3 dos aposentados seguem trabalhando

Aposentadoria não é sinônimo de inutilidade, bem pelo contrário. Quem se aposenta pode continuar trabalhando (quer saber mais clique aqui),…

3 semanas ago