fbpx
A imagem mostra uma mulher madura sorrindo para a camera tomando seu café. A imagem ilustra o texto

Tempo de contribuição no INSS: como consultar, simular e aumentar!

É possível ver quanto tempo de contribuição você tem no INSS e fazer a simulação desse tempo para acelerar sua aposentadoria.

Você pode consultar e simular sua aposentadoria pelo Meu INSS ou com advogados especialistas. Mas atenção, o resultado no simulador automático do INSS pode ser bem diferente do que de fato você tem!

Isso porque pelo sistema do INSS pode ter erros e inconsistências. Por exemplo, períodos que você trabalhou, mas não constam no sistema da Previdência.

Por isso, você precisa fazer um levantamento do seu histórico de contribuição e de documentos de forma manual e depois checar no sistema. Já com um advogado especialista, ele poderá fazer esse trabalho para você, com todo os conhecimento jurídico necessário.

Entenda qual a melhor forma de fazer isso a seguir! E se desejar, clique aqui e solicite atendimento com nossos advogados especialistas.

Como saber o tempo de contribuição que preciso para o INSS? 

Para saber o tempo de contribuição que você precisa para o INSS, é necessário seguir os passos seguintes:

  1. Verificar a regra ideal para o seu caso;
  2. Calcular manualmente o tempo de contribuição que você tem;
  3. Se cadastrar no Meu INSS;
  4. Verificar o tempo que tem registrado no Meu INSS;
  5. Comparar as informações do CNIS (extrato previdenciário) e do simulador do MEU INSS com o tempo que você calculou manual;
  6. Corrigir os erros do sistema do INSS, apresentando provas do tempo que faltar.

Depois de corrigir, você terá o tempo correto no Meu INSS e, assim, poderá saber quando de fato falta para completar a regra de aposentadoria que você deseja usar.

O texto continua após o vídeo.

Qual é o tempo de contribuição para se aposentar no INSS? 

O tempo de contribuição para se aposentar no INSS varia de acordo com a regra, sendo o mínimo 15 anos de contribuição e não existindo um tempo máximo. Porém, as regras de 15 anos de contribuição, exigem que você tenha bem mais idade. As demais regras vão pedir pelo menos 30 anos de contribuição da mulher e 35 do homem, com exceções especiais.

Existem 29 regras para a mulher e 28 para o homem. Então verifique todas as opções para entender o tempo exato exigido no seu caso.

O texto continua após o formulário.

Onde verificar o tempo de contribuição que tenho no INSS? 

Você pode verificar o tempo de contribuição que tem no INSS pelo site ou aplicativo do do Meu INSS. Para isso, basta acessar o Meu INSS pelo site ou pelo aplicativo. Após, seguir para o extrato CNIS, nele vai constar todo o período contribuído. 

Com este documento, é de suma importância comparar as informações do CNIS (extrato previdenciário) com suas carteiras de trabalho e guias de pagamentos à previdência. Pois é bem comum que o INSS contenha erros de tempos e contribuições não averbados e ainda, que contenham pendências no CNIS que afetam o tempo de contribuição.

Entretanto, se você verificar que faltam tempos que você trabalhou, então é preciso reunir provas e solicitar que o INSS inclua tais períodos.

Como ver tempo de contribuição no Meu INSS? 

Para ver tempo de contribuição no Meu INSS, é preciso acessar o Meu INSS pelo site ou pelo aplicativo no celular. Após, seguir para o extrato CNIS, nele vai constar todo o período contribuído.

Não esqueça de comparar com o tempo que você calculou manualmente, para evitar prejuízos!

Passo a passo do Meu INSS para simulação tempo de contribuição

Para fazer a simulação de tempo de contribuição no INSS:

  • acesse o Meu INSS pelo site ou pelo aplicativo;
  • ao entrar no sistema, você vai se deparar com as suas informações de contribuição logo no início da página;
  • Para verificar o tempo e simular aposentadoria, selecione a opção “detalhar“. Assim, você vai ter acesso a quanto tempo tem no sistema do Meu INSS.

Informações no CNIS

Mas cuidado, você precisa comparar as informações do CNIS (extrato previdenciário) e do simulador do MEU INSS com suas carteiras de trabalho e guias de pagamentos à previdência. Pois é bem comum que o INSS contenha erros de tempos e contribuições não averbados.

O que o INSS não te conta sobre contribuição para aposentadoria

Você sabia que existem diversos tempos ocultos na aposentadoria? É o que o INSS não te conta! Em geral, são períodos que o sistema do INSS não contabiliza de forma automática. Isso significa que você tem um tempo oculto, que não está visível e contabilizado no sistema da previdência. Desse modo, você pode corrigir esses erros que, na prática, vão aumentar o seu tempo de contribuição e antecipar a conquista do seu direito!

Entenda a seguir como aumentar sua contribuição para se aposentar.

Como aumentar sua contribuição para aposentadoria?

É possível aumentar tempo de contribuição no INSS se você:

  • Contar tempo rural desde os 8 anos, desde que você possa comprovar;
  • Fazer a conversão especial em comum. Mas atenção, só é possível usar o tempo especial trabalhado antes da reforma;
  • Averbação do tempo de serviço diversos;
  • Pagar INSS retroativo como contribuinte individual ou facultativo;
  • Resolver erros no seu CNIS, pois cerca de 90% dos CNIS apresentam erros quem podem atrasar aposentadoria!

Leandro Stürmer

Leandro Stürmer, advogado inscrito nas OAB/RS 112.076 e OAB/SC 64.832, sócio da Koetz Advocacia. Se formou em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e realizou pós-graduação em Direito Previdenciário e Trabalhista pela UniRitter. Al...

Saiba mais

Compartilhar:

A imagem mostra a Dra. Marcela Cunha e ilustra a publicação
Anterior

Contagem de aposentadoria: seu tempo de contribuição no INSS

Próximo

Aposentadoria Integral para Professor

A imagem mostra uma professora em sala de aula, e ilustra a publicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faremos mais que o possível para entregar os direitos aos nossos clientes, sempre.

Insira seus dados ao lado e entraremos em contato com você.