Auxílio doença e invalidez: dicas para pente-fino do governo

pente fino, Auxílio doença e invalidez: dicas para pente-fino do governo, Koetz Advocacia

O pente-fino do Governo quer reduzir os gastos realizando um a revisão dos benefícios de aposentadoria por invalidez e auxílio doença.

Quais os benefícios alvo do atual programa de pente fino do INSS?

Concedidos via administrativa ou judicial há mais de 2 anos.

Nestas novas perícias, mais de 80% dos segurados estão perdendo benefícios.

O maior problema detectado pelos advogados especialistas nesta área é que o INSS chama o segurado para se apresentar em até 15 dias após o recebimento da carta pelo correio.

Assim, o beneficiário não tem tempo de fazer novos exames ou consultar com o médico especialista.

O que fazer para manter auxílio doença e aposentadoria por invalidez?

Frente a isso, criamos aqui uma série de dicas para você estar preparado para a revisão.

Para assim ter os documentos corretos, não perder prazos, etc:

1. Faça uma consulta imediatamente com o médico especialista que te trata. E peça atestado médico de incapacidade atualizado, com a CID da doença. Como o prazo para se apresentar após o recebimento da carta é curto (e a carta pode demorar para chegar).

Assim o ideal é que você se antecipe e esteja pronto antes de receber o chamado do INSS;

2. Peça a requisição de um novo exame médico atualizado, que comprove a real incapacidade para o trabalho, se for o caso. Contudo, peça para seu médico uma requisição do exame mais adequado para a doença que lhe incapacitou;

3. Após pegar o resultado do exame, retorne ao médico especialista e peça um laudo detalhado da evolução da doença.

Em resumo, esteja munido de tudo que puder comprovar sua incapacitação para permanecer no mercado.
Cumprindo esses 3 passos, mantenha toda esta documentação em um local seguro. Pois serão seus recursos em caso de uma perícia médica surpresa.

♦ LEIA TAMBÉM: Perícia Médica no INSS: Dicas Para Quem Vai Fazer

Caso você já tenha sido chamado e perdeu o beneficio, não precisa entrar em desespero. Da mesma forma, siga nossas 3 dicas e providencie os recursos mencionados.

Após isso, procure um advogado especializado em direito previdenciário. Ele saberá tomar as providências corretas para tentar restabelecer o seu benefício.

Passo a passo para obter o auxílio doença.

Advogado Especialista em Direito Previdenciário e Tributário, Sócio da Koetz Advocacia, professor da Pós Graduação na Verbo Jurídico e no Instituto Brasileiro de Direito - IBIJUS. Articulista no Portal da Transformação Digital

4 comentários em “Auxílio doença e invalidez: dicas para pente-fino do governo”

  1. Olá, Deolinda .
    Para saber se possui direito ao benefício, é necessário fazer uma análise específica do seu caso, se você quiser, podemos fazer. Você pode clicar aqui https://pages.koetzadvocacia.com.br/aposentadoria e responder o formulário, depois de feita, enviaremos para o seu e-mail o resultado da análise com orientações de como proceder .

  2. Boa tarde!
    Realizei cirurgia para retirada de câncer de mama(15dias) e agora devo seguir com procedimentos de rádio e remédios.
    Sou dona de casa e trabalho informalmente fazendo doces. (Moro com meu esposo e dois filhos estudantes. Somente meu esposo trabalha)
    Eu teria direito a auxílio doença? Eu contribui com a previdência durante 13 anos.
    No momento parei com os doces e estou me dedicando a fazer exames e tratamentos
    Quem eu deveria procurar?
    Agradeço suas informações !!
    Deolinda

  3. Olá, Jorge .
    Para saber se possui direito ao benefício, é necessário fazer uma análise específica do seu caso, se você quiser, podemos fazer. Você pode clicar aqui https://pages.koetzadvocacia.com.br/aposentadoria e responder o formulário, depois de feita, enviaremos para o seu e-mail o resultado da análise com orientações de como proceder .

Não é possível comentar.