Aposentadoria Especial permite continuar trabalhando?

aposentadoria especial, Aposentadoria Especial permite continuar trabalhando?, Koetz Advocacia

INSS determina afastamento da função após Aposentadoria Especial, mas Constituição diz o contrário. – ATUALIZADO COM A REFORMA.

A Constituição Federal permite o livre exercício da profissão.

Entretanto, o plano de benefícios da Previdência (Lei 8213/91) determina que, após a Aposentadoria Especial, o profissional não pode mais trabalhar.

O argumento é de que o benefício é pago para que o aposentado não possua mais contato com nada nocivo à saúde e manter a atividade invalidaria o propósito da Aposentadoria Especial.

Entretanto, é uma regra polêmica e muito questionada nos tribunais, já que não faz sentido obrigar alguém a parar de trabalhar na profissão que sempre desenvolveu, uma vez que o INSS não terá mais custo nenhum com isso.

A reforma da previdência não afetou essa possibilidade, sendo que os profissionais conseguirão sim exercer a profissão sem precisar abrir mão de sua aposentadoria especial.

Possibilidade de converter o tempo especial em comum

Existe a opção de converter o tempo especial para comum e se aposentar por tempo de contribuição. A conversão garante um acréscimo para atingir os 35 anos de contribuição.

Esse acréscimo é de 40% para homens e 20% para mulheres. Tal medida é vantajosa caso você seja servidor público estatutário e tenha completado os demais requisitos para obter a aposentadoria integral.

Se você não é servidor público, a Aposentadoria Especial sempre será a mais vantajosa. Portanto, se você possui tempo especial suficiente para obter a Aposentadoria Especial (25 anos), não é recomentado que faça a conversão do tempo.

A conversão é recomendada para, por exemplo, pessoas que não trabalham mais com insalubridade, porém possuem alguns anos expostos à agentes nocivos e tem como comprovar isto para ganhar o acréscimo de tempo na aposentadoria comum.

Mas e se eu pedir Aposentadoria Especial e quiser continuar trabalhando? Como devo fazer?

Como existe um conflito entre duas regras – a da previdência, que proíbe, e a Constituição Federal, que permite – é normal surgirem dúvidas sobre a possibilidade de continuar trabalhando.

Já publicamos aqui casos onde o STF deu ganho de causa a quem queria continuar trabalhando.

A Constituição Federal é interpretada pelo judiciário como superior. Portanto, caso o INSS negue a possibilidade de continuar na atividade, procure um bom advogado previdenciário e entre com ação judicial para fazer valer seu direito ao livre exercício da profissão.

110 comentários em “Aposentadoria Especial permite continuar trabalhando?”

  1. Pingback: Aposentadoria de Motorista de Ônibus: Contagem de Tempo Especial até 1995 | Eduardo Koetz Advogados Previdenciários

  2. Olá, Vera.
    Você pode converter os 24 anos em comum e se aposentar por tempo de contribuição> mas não vemos nenhuma vantagem nisso, pois com apenas mais 1 ano em atividade insalubre você consegue obter a aposentadoria especial. Isso lhe trará vantagens financeiras, pois eliminará os descontos de Fator Previdenciário.
    Portanto, nosso conselho é que você trabalhe na área mais um ano e obtenha a aposentadoria especial.
    Você pode solicitar uma análise mais completa do seu caso no link https://www.koetzadvocacia.com.br/tire-suas-duvidas-previdenciarias/

  3. Eu vou fazer em setembro 21 de 2016 ( vinte um ano de carteira registrada ) sendo que destes vinte um ano , 10 anos ( dez ) na área de saúde recolhendo o INSS sobre a insalubridade desses dez anos. Então quando poderei me aposentar. Sem contar que sou deficiente físico considerada na Lei 142 de 2013 como deficiência grave !

  4. Olá,boa noite,trabalho a 25 anos exposto a ruido acima dos limites toleráveis inclusive de 1997 a 2003 que o limite era de 90db,o meu local de trabalho constava 95db,entao fica assim de 1986 a 1991 o limite era de 80db e eu trabalha em metalurgica que dava 86db de 1996 até os dias de hoje a media é de = de 90db,ou seja acima de 90db…Com a nova lei do STF em 2015 que o EPI concha não descaracteriza que a trabalhador está exposto a ruido…gostaria de saber se minha aposentadoria pode dar entrada ou não como especial,lembrando que mesmo que eu assinei algumas EPI´s ,mas todos durante todo o tempo está muito falho,inclusive a higienização.
    grato
    Rocha

  5. Bom dia,sei que sou um pouco nova para tá vendo sobre aposentadoria porém fiquei curiosa para saber quanto tempo falta para eu poder dar entrada. Trabalho na área de saúde há16 anos tenho 1a8meses de contribuição normal e 38anos.Obrigada.

  6. Bom dia,sei q sou um pouco nova para tá vendo sobre aposentadoria porém fiquei curiosa em relação a aposentadoria especial tenho 38anos, 16 e 4meses na área de saúde e 1ano e8 meses contribuição normal.Quando q eu posso dar entrada.Obrigada.

    1. Olá, Misla.
      Vai depender do trabalho que você exerce na área da saúde. Se for insalubre (e isso comprova-se através de laudos como PPP e LTCAT) são 25 anos. Ou seja, faltam 9 para aposentadoria especial. Se não for insalubre, o tempo exigido para a aposentadoria comum é 35 anos de contribuição (nesse caso faltam 12 anos e 4 meses). Nos dois casos não existe idade mínima exigida. Porém, na aposentadoria comum existe a incidência do Fator Previdenciário que, dependendo da idade, irá reduzir o valor do benefício. A Aposentadoria Especial não é afetada pelo Fator Previdenciário.
      E sobre você ser nova demais para se aposentar, quanto mais cedo for realizado o Planejamento de Aposentadoria (clique aqui para saber mais) maiores são suas chances de obter o melhor benefício possível para o seu caso.

  7. ILDEBRANDO MERQUIDES DOS sANTOS

    ildebrando tenho 54 anoe idade, 30 anos deIDADE30ANOS inss pago sendo que 17 anos com ppp. eu posso pedir aposentadoria ?

  8. Sou eletricista de automóveis a 28 anos onde manuseio baterias automotivas (chumbo,aciso sulfúrico) óleos, graxas,gasolina,oleo diesel) gostaria muito de saber se posso pedir minha aposentadoria especial. Sendo que eu vou completar 46anos em novembro

  9. Boa noite eu trabalho a 28 anos como vigia nortuno só tem uma folga na semana tenho direito a aposentar por aposentadoria especial?

  10. Bom dia. Trabalho em um local pela CLT,no qual já tenho os 25 anos para requerer a aposentadoria especial. E trabalho em outro por regime estatutário,no qual ainda não tenho tempo para requerer a mesma. Gostaria de saber se é possível continuar no regime estatutário e aposentar pela especial na CLT. Obrigada.

    1. Olá Fernanda.
      Não existe regime especial e nem regime estatutário. Estatutário quer dizer que você é concursada e possui direito a integralidade e pariedade, CLT – Consolidação das Leis do Trabalho. Em cada profissão você deve contribuir para algum regime, INSS ou regime próprio. Se forem regimes diferentes pode se aposentar em um local e continuar trabalhando no outro.
      Abraços!

  11. Bom dia, tenho 39 anos, 20 anos trabalhando na enfermagem em UTI, posso dar entrada em aposentadoria especial? Ouvi dizer que cada 5 anos trabalhando insalubre ganho 1 ano a mais, isso é verdade? Obrigado

    1. Olá, Marcio.
      Essa conversão só é válida para a aposentadoria por tempo de contribuição, a qual é necessário somar 35 anos de contribuição, se for homem e 30 anos, se for mulher. Para obter a aposentadoria especial é necessário que comprove insalubridade durante 25 anos.
      Abraços!

  12. Olá, Vera.
    Você terá direito a aposentadoria especial se comprovar que trabalhava em ambiente insalubre ou periculoso. É necessário, principalmente, de LTCAT e PPP.
    Abraços!

  13. Bom dia .
    Por tudo que você me falou ,estou comedo de continuar trabalhando e perder meus direto de continuar recebendo aposentadoria e devolver o mesmo .já aconteceu um caso desse na previdência.
    Obrigado pelas dúvidas

  14. Tenho 44 anos, sou biomédica e tenho pelas minhas contas uns 24 ou 25 anos de contribuição e insalubre durante todo esse tempo.
    Posso pedir aposentadoria especial? Mesmos sendo aposentada, se positivo, posso continuar desempenhando minha função?
    Agradeco! Patricia

  15. Acabei de ver minha carta de concessão via site previdência que saiu minha aposentadoria especial só deu comentar na empresa me avisaram que assim que eu receber a carta levar até a empresa pa minha dispensa procede isto não posso ficar trabalhando mais uns 6 meses pelo menos.

    1. Olá, Marcos.
      Se você se aposentou pelo INSS, precisa entrar com um pedido judicialmente, pedindo para continuar trabalhando. No momento em que receber o primeiro valor do benefício, não pode mais continuar na função que você exercia.

  16. Olá, Valdenir.
    Estamos aconselhando que todas as pessoas que possuem direito a algum tipo de beneficio entre com o pedido. No seu caso, pode se aposentar por tempo de serviço e continuar trabalhando.
    Abraços!

    1. Valdenir, se você possui 25 anos de atividade em ambiente insalubre ou periculoso, entre com o pedido de aposentadoria especial. Caso não tenha, e possui contribuições em tempo em comum, aconselho que entre com o pedido de aposentadoria por tempo de serviço.
      Abraços!

  17. Bom dia, sou fisioterapeuta da prefeitura municipal, tenho insalubridade, mas o regime é estatutário. Tenho consultório particular e atendo convênios que descontam INSS, vou poder continuar exercendo a profissão no consultório?

  18. boa noite ! me aposentei por especial, 32 anos de insalubre na area da enfemagem.
    fui orientado a nao continuar trabalhando, pois esta aposentadoria especial nao permite, porem caso eu sai da area de risco (insalubre) poderia continuar, como ex. administrativa, sem contato com pacientes, porem na mesma instituiçao ?

    1. Olá, Manoel.
      Você pode sim continuar trabalhando na área da saúde, se voce se aposentou no INSS pode continuar exercendo a profissão como enfermeiro. Caso tenha sido exonerado pode entrar com uma ação de reintegração.
      Abraços!

  19. Boa tarde ,sou aposentado na categoria especial desde 2013, trabalhei em uma empresa publica (concursado) no ramo gráfico quando a minha carta de aposentadoria chegou na empresa fui coagido a assinar um pedido de demissão pelo motivo da aposentadoria,mesmo querendo continuar trabalhando a empresa disse que denunciaria ao inss caso não assinasse o pedido de desligamento não tive direito a multa do fgts e nem o aviso entrei com uma ação de reintegração em 2016 junto com mais dois colegas que estavam na mesma situação a sentença em primeiro grau não deu direito a reintegração e sim a multa do fgts o aviso e danos morais mesmo o juiz achando uma atitude desonrosa da empresa em nos coagir para coagir, em suma podemos ter esperança na reintegração grato pelo espaço.

  20. Boa tarde! eu tenho 51 anos de idade, trabalhei de 1986 a 1997 (11 anos e 8 meses) oito horas por dia, em uma Indústria Farmacêutica no chão de fábrica cujo ruído ultrapassava os 96 decibéis pois várias linhas se concentravam em um salão sem nenhuma separação física, como paredes. O problema é que a empresa foi comprada por outra empresa do mesmo ramo, porém, a antiga empresa não mais existe fisicamente e as condições de trabalho da empresa atual não equivale as que eu trabalhei, e o PPP que eles me enviaram não consta os decibéis, segundo eles não tem arquivo ou dados da empresa que trabalhei. Tenho 27 anos trabalhados e preciso me aposentar. O que devo fazer para conseguir 20% deste período para somar com meus anos trabalhados e conseguir junto ao INSS minha aposentadoria por tempo de serviço?

    1. Olá, Rosana.
      Nesse caso tem que apresentar um laudo de outra empresa semelhante a que trabalhava, você pode contratar um engenheiro do trabalho para elaborar o PPP, e pedir a especialidade por semelhança, ou solicitar ao juiz que faça perícia no local semelhante para analisar se há a especialidade.
      Abraços!

  21. João Guilherme Vieira

    Sou Enfermeiro e trabalho a 22 anos num mesmo hospital, desses 22, 12 como auxiliar de enfermagem ( numa UTI, setor fechado) e 10 como enfermeiro, porém 22 anos insalubres, antes trabalhei 1 ano e alguns meses como atendente de enfermagem (também insalubre), e numa outra empresa pouco mais de 1 ano em uma empresa não insalubre. Resumindo na Saúde tenho em torno de 23 anos (todos insalubres). Gostaria de saber quanto tempo falta pra eu aposentar e se entro nessa Aposentadoria Especial, tenho 43 anos de idade. Por outro lado ao longo desses 22 anos sempre em dupla jornada. sempre trabalhei em duas instituições ao mesmo tempo. Isso tem algum peso?

    1. Olá, João.
      Para ter direito a aposentadoria especial é necessário comprovar 25 anos de atividade com exposição a agentes nocivos.
      Se você possui dois vínculos empregatícios e contribui para regimes diferentes, pode ter direito a duas aposentadorias, caso contrário, não faz diferença.
      Abraços!

  22. Me aposentei em uma empresa privada na aposentadoria especial,na carta de concessão fala que tenho que me afastar da função do agente nocivo o qual me concedeu o beneficio pondendo a aposentadoria ser suspensa.Minha duvida é é suspensa sem aviso ou a um comunicado antes?

  23. Solange Ribeiro da Silva

    Boa noite, consegui a aposentadoria especial ( antecipação de tutela) em dezembro de 2016, trabalho em um hospital privado a 29 anos, sai de férias em janeiro de 2017, vou ter que pedir demissão? Como devo proceder? Aguardo uma orientação, muito obrigada!

    1. Olá, Solange.
      Você pode continuar trabalhando normalmente. Se contribui para um regime próprio, a empresa irá demití-la. Caso contribua para o INSS e é concursada, pode acumular aposentadoria com o salario.
      Abraços!

  24. Me aposentei pela aposentadoria especial após chegada da carta conversei na empresa,devido ser esptecial tinha que deixar de exercer minha atual função me proporo fazer minha demissão mas me pediram para cumprir 90 dias de aviso prévio dentro destes 90 dias corro algum risco de cancelamento da aposentadoria pelo inss?

  25. nilson roberto schmidt

    Já entrei judicial pedido de aposentadoria especial, tenho 33 anos de contribuição, sendo 08 anos de Periculosidade e 61 anos e 06 meses de idade: já tenho direito.Obrigado

  26. Aposentei proporcional em 2009 e após entrei com pedido especial saiu benefício fui p 46 e não recebi ainda o atrasado estou em tutela posso ficar trabalhando saiu em dezembro 2016 e após sair atrasado posso continuar trabalho na mesma função sem risco de perder aposentadoria.

      1. Marcelo de Oliveira Silva

        Olá , trabalho há 22anos na enfermagem em hospital Filantrópico regime CLT, trabalhei 4anos e 8 meses em fábrica com PPP de ruidos de 85DB, já posso solicitar aposentadoria especial? Se sim em média quanto tempo demoraria para sair o benefício? E poderei continuar a trabalhar na empresa que trabalho como enfermeiro?

        1. Olá, Marcelo.
          Sim, desde que comprove que trabalhou, no mínimo, 25 anos em ambiente insalubre/periculoso. Estamos compartilhando com você uma lista de provas que ajudam na comprovação da atividade, para acessá-la, clique aqui.
          Como você é CLT, pode continuar trabalhando, mas corre risco de ser demitido a qualquer momento.

  27. Domingos Alberto Fernandes

    Boa tarde, gostei muito do seu site. Parabéns. Estou em São Paulo capital. Li todas as informações, mas continuo confuso. Poderia me ajudar? Sou médico formado em 1986. Fiz dois anos de residência médica no qual tive que ter a inscrição do INSS para cursar. Em 1989 fui admitido por concurso na Universidade Federal de São Paulo. Pedi uma avaliação de levantamento de tempo de serviço na Universidade e em 15/01/2016 me disseram que cumpri todos requisitos pelo amparo legal em 02/02/2015. Me deram o PPP. Disse ok, vou entrar com o requerimento e nesse momento a secretária do Departamento me disse que eu não poderia atuar mais na minha área. Peguei os documentos de volta e estou até agora sem saber se posso ou não continuar trabalhando.
    Entendi no seu site que sim, mas queria um parecer seu. Desde já agradeço.

  28. recebi a aposentadoria especial no cargo de soldador gostaria de saber se eu continuar trabalhando na mesma função nessa firma corro o risco de perder a aposentadoria?

  29. Boa tarde!
    Tenho uma dúvida:
    Para um Cirurgião-Dentista ter a aposentadoria especial de 25 anos de trabalho, podemos contar os 4 anos em que cursou o faculdade de odontologia? Nesse período ele atendia pacientes na faculdade e contribuía para o INSS como autônomo.
    Obrigado

      1. Entendi.
        Mas durante o curso de Odontologia atendemos pacientes (ambiente insalubre) e eu já contribuía como autônomo.
        Não posso solicitar especial?

  30. Pela lei , quanto tempo a empresa na qual trabalho tem para me fornecer o PPP ? E outra pergunta, ja tenho 26 anos de trabalho em area ruidosa(acima de 90), Tenho 44 anos, ja posso pedir minha aposentadoria ?

    1. Olá, Andre.
      Não tem prazo para a empresa fornecer o documento. Caso ela não lhe dê o PPP, terá que ingressar com ação judicial.
      Sim, você terá direito a apoentadoria especial, desde que comprove que trabalhou com exposição a agentes nocivos.
      Estamos compartilhando com você uma lista de provas que ajudam na comprovação da atividade, para acessá-la, clique aqui.

  31. Marco Antonio da silva

    Tenho 45 anos, contribuo há trinta anos ao inss, servidor publico municipal concursado, estatutário, deficiente auditivo desde criança. Posso requerer a aposentadoria especial e continuar trabalhando recebendo os beneficios da aposentadoria e o salário de servidor concursado?

    1. Olá, Marco.
      Se você comprovar que trabalhou durante 25 anos com exposição a agentes nocivos sim, tem direito a aposentadoria especial.
      Você poderá continuar trabalhando se contribui para o INSS, se for regime próprio terá que ser exonerado.

      1. Marco Antonio da silva

        Sou assistente administrativo com cargo comissionado, não me expus a trabalho insalubre. Se me aposentar como pessoa com deficiência (moderada/grave) posso continuar trabalhando sem ser exonerado do cargo e desfrutar dos dois proventos: prefeitura + inss? Vou ter aposentadoria integral? É proveitoso me aposentar agora, pois tenho medo de o salário de aposentado defasar muito?

        1. Olá, Marco.
          No cargo comissionado, se for servidor estável equiparado e concursado as regras são diferentes. Se for comissionado CLT (contratado), a aposentadoria vai ser a média desde 07/94 até o dia do requerimento (descartando 20% os menores salários de contribuição) e fator previdenciário e pode continuar trabalhando.

    2. tenho 46 trabalhei 21 anos com insalubre 40 por cento mais 6 na roça ja entrei na justiça federal mas estao negando da roça que faço nesse caso

  32. Boa tarde!
    Durante os 4 anos do curso de Odontologia todos alunos atendem pacientes (ambiente insalubre) e eu já contribuía como autônomo.
    Eu posso sonar estes 4 anos para pedir aposentadoria especial de 25?

  33. Bom dia,
    Motorista que esta trabalhando a 15 anos na função pode usar como o periodo para a aposentadoria especial? e pode continuar a trabalhar ainda nela apos a aposentadoria.

  34. Boa tarde
    Chamo Maria trabalho em um hospital desde 1984 em área de periculosidade em centro de materiais esterelização é ensalubre faz 31 anos
    Aposentei especial em 2016
    Continuei no mesmo cargo
    A empresa não veio falar nada
    Agora em abril de 2017 a empresa recebeu uma carta do INSS falando que eu não posso continuar trabalhando que vou perder a aposentadoria
    A empresa que que eu peço a conta
    Entrei como auxiliar de enfermagem hoje sou técnico em enfermagem
    Estou com 52 anos
    Eu queria que vocês​ me falassem como posso proceder
    Se eu vou perder a aposentadoria se eu ficar no mesmo cargo
    Se eu tenho que pedir a conta
    Ou a empresa tem que mandar embora
    Desde já agradeço obrigado

    1. Olá, Maria.
      Se você é concursada e contribui para o INSS, não tem problema, pode continuar trabalhando mesmo aposentada. Se você não é concursada, o hospital pode te exonerar, mas não é necessário que você peça demissão, pois mesmo não sendo concursada pode trabalhar, e se, contribui para regime próprio a empresa é obrigada a te exonerar.
      Abraços!

      1. Bom dia
        Ainda estou com uma dúvida se eu corro o risco de perder minha aposentadoria especial trabalhando no hospital no mesmo cargo no centro de materiais esterelização
        Porque as pessoas estão faltando se eu continuar trabalhando neste mesmo cargo o INSS pode cancelar minha aposentadoria especial
        E verdade que a lei mudou quem aposenta especial pode continuar na mesma função
        Desde já agradeço muito obrigado

        1. Olá, Maria.
          Não, não corre risco de peder seu benefício. Se você é concursada pode continuar trabalhando mesmo estando aposentada.
          E verdade que a lei mudou quem aposenta especial pode continuar na mesma função? Pode continuar na mesma função se for concursada e filiada ao INSS.
          Abraços!

    2. Olá senhora,a empresa é que tém lhe demidtir se não ela pega uma multa.os espetalhões querendo que peça a conta pra perder seu direito.

  35. meu nome e dinaudo tenlho 46 anos de idade entri com pedido da aposentadoria na jsf federal comtribui 21 anos com insalubre 40 por cento juiz ja comsidero trabalhei 6 anos na roça porque nao esta querendo conçidera o da roça que faço nesse caso

  36. Bom dia Eduardo, meu marido está encaminhando a aposentadoria especial agora em maio, a dele o agente nocivo é o ruido….ele trabalha em uma empresa privada a 5 anos, minha dúvida, ele pode continuar trabalhando na mesma função quando for aprovada a aposentadoria? Ele está encaminhando direto no INSS sem advogado, será que teremos sucesso?
    PArabéns pelo seu site, traz informações bem claras.
    Att.
    Cleomara.

  37. Boa tarde
    quero mim aposentar por tempo de contribuicao 36 anos
    posso continuar trabalhando? Nos ultimos cinco anos a
    minha carteira foi assinada com dois salarios. quanto
    mais ou menos vou receber mensal??

    1. Boa tarde!
      Dei entrada no beneficio especial e foi regeitado tenho 02 anos de exercito e 26 anos na iniciativa sendo que o PPP em todo periodo esta com 89,7db e a justiça determinou a Aposentadoria por tempo de contribuição com proventos integrais e a mesma espacial?
      Desde ja agradeço.
      Edson Serra.

  38. sou funcionario publico estadual e municipal trabalhei por15 anos na clt agora em junho completa 10 de estado posso somar reqyerer minha aposentadoria especial somando os dois todos foram na saude sou tec em enf

  39. Bom dia, recebo minha aposentadoria em especial em tutela antecipada, pago mensalmente 30% ao advogado,,,pergunto e terei que pagar esses 30% até dar trânsito em julgado ou até receber os atrasados do inss?…obrigado

  40. Olá, obrigado por esse trabalho.
    A maioria perguntou se com aposentadoria especial pode continuar no mesmo cargo e a resposta diz que sim, mas pode ser demitido.
    Minha dúvida : com aposentadoria especial e saindo da empresa, uma outra empresa poderá nos dar a mesma função?
    Obrigado.

  41. Boa tarde.sou Araujo trabalhei 8 anos com ruidos em fabrica textil e 20 em Câmaras frigoríficas.tenho direito a aposentadoria.tenho 51 anos.

  42. Boa Noite
    Gostaria de saber como fica minha situação, estou aposentado pela especial e continuo trabalhando em local de insalubridade, porem mudaram a minha função no registro após aposentado. Desejo sair da empresa, mas não quero pedir demissão para não perder os 40% do FGTS, teria alguma maneira de obrigá-los a me demitir, pois estão me pressionando com perseguições para que eu me demita. ( Advertências por escrito, trabalhos fora de minha função atual.)
    Obrigado, aguardo retorno.

  43. Boa trde! trabalho ha 24 anos somente na area da saude. 19 anos deste como servidor publico e o restante em empresas privadas posso ajuntar todo o tempo para aposentadoria especial ou terei que ficar 25 anos somente no Estado?

  44. Bom dia doutor, gostaria de agradecer pelo pronto atendimento nas respostas aqui neste site,mas tenho mais uma duvida, eu assinei um contrato com meu advogado em um processo de Aposentadoria especial em tutela antecipada e pago mensalmente 30% do valor recebido e recentemente meu processo deu transito em julgado….eu tenho que continuar pagando o mesmo ate receber os atrazados?já que no contrato nao traz ate quando eu tenho que ficar pagando o mesmo……obrigado

Não é possível comentar.