fbpx
Um homem e uma mulhe jovens sentados à mesa tomando café e calculando valor da aposentadoria com auxílio de uma calculadora, caneta e papéis.

Planejamento para melhorar o valor da aposentadoria

Se antecipar sobre seus direitos é uma das chaves para valor da aposentadoria ser maior
Uma enorme quantidade de clientes e pessoas que realizaram consultas conosco passou por isso: Completaram o tempo de contribuição ou de idade para conquistar a aposentadoria e acabaram se deparando com um salário de benefício muito baixo. Quando isso acontece, analisamos todas as causas e possíveis pagamentos de débito para melhorar o salário obtido.

Foi a partir dessas análises que verificamos os erros previdenciários mais comuns cometidos ao longo da vida dos brasileiros e descobrimos que é possível garantir um bom valor da aposentadoria se o contribuinte corrigi-los pelo menos 10 anos antes de completar o tempo de contribuição ou a idade para se aposentar. Certamente, o ideal é que seja feito um planejamento a partir dos 35 anos de idade, pois ninguém sabe exatamente quando vai se aposentar.

Chegamos nesse número, 10 anos antes da conquista de aposentadoria, a partir das centenas de casos que efetuamos cálculos  e realizamos essas análises. Algumas das pessoas que analisamos passaram, por exemplo, 28 anos contribuindo o mínimo, e os últimos anos de trabalho contribuindo no teto. Como resultado, a estratégia de contribuir no teto na reta final da obtenção de aposentadoria acabou não elevando o salário, já que  cálculo do valor da aposentadoria, como já explicamos no e-book de estudos de caso, é feito com base em 80% das contribuições mais altas realizadas ao longo de todo o histórico previdenciário. Assim, dois anos não teriam muito efeito no salário.

Então de que forma o planejamento eleva o valor da aposentadoria?

Como as aposentadorias podem ter um aumento significativo se corrigindo os últimos 10 anos de contribuição, esse período mínimo é o necessário para que seja estudada a melhor forma de contribuir, dependendo da regra que será seguida. Estes 10 anos são importantes para ter vantagem de tempo sobre todas as decisões que precisem ser feitas na estrutura da sua aposentadoria.

Texto continua após o vídeo.

Se o valor de contribuição tiver de ser alterado, por exemplo, é muito benéfico que se tenha tempo de sobra para esta alteração. Dessa forma, você não precisará dispor de valores altos para melhorar seu benefício e nem se sentirá prejudicado por ter contribuído com uma quantidade maior que a necessária e que não poderá ser recuperada. O reajuste da contribuição poderá, inclusive, ser diminuído e resultar em economia imediata.

O texto continua após formulário.

O ideal é que, aos 35 anos de idade, o contribuinte já possa melhorar a projeção do valor da aposentadoria com algumas pequenas adaptações. Estas adaptações variam do reajuste do valor da contribuição (que já explicamos) até outras questões mais completas de planejamento, como a verificação do tempo que falta para se aposentar, perspectivas salariais, melhor data e regra para solicitação da aposentadoria.

Eduardo Koetz

Eduardo Koetz, advogado inscrito nas OAB/SC 42.934, OAB/RS 73.409, OAB/PR 72.951, OAB/SP 435.266, OAB/MG 204.531, sócio e fundador da Koetz Advocacia. Se formou em Direito na Universidade do Vale do Rio dos Sinos e realizou pós-graduação em Direi...

Saiba mais

Compartilhar:

Mulher sorrindo e falando ao telefone. A imagem ilustra a publicação
Anterior

Retenção de 25% de IR para aposentados no exterior, como parar?

Próximo

Empresas de economia mista dão direito à integralidade?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faremos mais que o possível para entregar os direitos aos nossos clientes, sempre.

Insira seus dados ao lado e entraremos em contato com você.